Introdução ao Neo4j 3.1, agora em versão beta

O Neo4j 3.1 adiciona uma nova arquitetura de cluster e uma nova arquitetura de segurança para atender às exigências das organizações por escala e segurança. A nova versão amplia o conjunto completo de recursos de grafos pelos quais o Neo4j é mais conhecido e é construído sob os novos drivers de linguagens oficiais introduzidas no Neo4j 3.0. Importante: O Neo4j 3.1 está em versão beta e é somente para desenvolvimento e experimentação. Clique aqui se o que você procura é a versão mais estável do Neo4j (3.0.6). E o que há de novo no Neo4j 3.1?

Causal Clustering: Nova arquitetura de cluster

O Neo4j 3.1 introduz o Causal Clustering – uma arquitetura totalmente nova baseada no protocolo Raft – que habilita o suporte para clusters gigantescos e uma ampla gama de topologias de cluster para datacenter e nuvem. O Causal Clustering é mais seguro, mais inteligente, mais escalável e construído para o futuro. replica-servers

Balanceamento de carga nativo

O balanceamento de carga agora é totalmente manipulado por drivers Neo4j Bolt, que operam em conjunto com o Causal Cluster para espalhar a carga de trabalho. Novas sessões com reconhecimento de cluster, gerenciadas no lado do cliente por drivers Bolt, aliviam as preocupações complexas de infraestrutura para os desenvolvedores. bolt

Consistência causal explicada

Da mesma forma, os drivers Neo4j trabalham em conjunto com o Causal Cluster para oferecer um dos modelos de consistência de cluster reguláveis ACID-compliant mais abrangentes do momento. A consistência causal, introduzida recentemente, permite o suporte de uma ampla variedade de aplicações onde a consistência eventual é inaceitável. A consistência causal permite especificar garantias em torno de requisições de queries, incluindo a capacidade de ler as próprias escritas, visualizar os últimos dados lidos e, mais tarde, as escritas comitadas de outros usuários. Os drivers Bolt colaboram com os servidores core para garantir que todas as transações sejam aplicadas na mesma ordem usando um conceito de marcador. O cluster retorna um marcador quando comita uma operação de atualização, e em seguida o driver conecta um marcador para a próxima operação do usuário. O servidor que recebeu a query inicia a nova operação marcada apenas quando seu estado interno atingiu o marcador desejado. Isso garante que a visualização de dados relacionados seja sempre consistente, que todos os servidores sejam eventualmente atualizados, e que os usuários lendo e relendo os dados sempre visualizem os mesmos dados – também e os mais recentes.

Uma base de segurança mais forte

Como o crescente número de usuários Neo4j em diferentes departamentos, fornecer segurança de classe empresarial e em conformidade com requisitos de compliance tornou-se prioridade. O Neo4j 3.1 eleva a salvaguarda de dados e reúne requisitos de conformidade com a introdução do conceito de múltiplos usuários, controle de acesso baseado em função, log de eventos de segurança e query, listagem de queries concluídas e em execução e controle de acesso granular.

Vários usuários e controle de acesso baseado em função

O Neo4j 3.1 oferece a possibilidade de gerenciar vários usuários com:
  • Repositório de usuários internos (ativado por padrão)
  • Conector LDAP para o Active Directory ou OpenLDAP
A autenticação interna nativa significa que nomes de usuário e suas senhas são gerenciadas dentro do Neo4j. Outra opção é usar o conector LDAP para integrar o Neo4j com o Active Directory, o OpenLDAP ou outros serviços de autenticação compatíveis com o LDAP. O novo framework, baseado no controle de acesso por função (RBAC), introduz quatro papéis pré-definidos de acesso a dados dos grafos globais: reader, publisher, architect e admin. Cada função inclui um conjunto de ações autorizadas (leitura, escrita etc.) autorizados no grafo de dados Neo4j e seu esquema. tabela

Listagem de queries concluídas e em execução

O Neo4j 3.1 introduz a capacidade de listar e conluir todas as queries em execução visíveis para o usuário. Em particular, o admin pode visualizar e encerrar qualquer query em execução. Para simplificar o gerenciamento da topologia de cluster, o Neo4j 3.1 introduz o widget de navegador do Neo4j, que é invocado com o comando :qs e lista todas as queries em execução no cluster. tabela2

Banco de dados kernel e avanços operacionais

O Neo4j 3.1 também introduz melhorias solicitadas ao kernel do banco de dados, incluindo gerenciamento de espaço mais eficiente. Nó e relacionamento ID agora são realocados de registros excluídos enquanto o cluster está online. Outro recurso chamado Execution Guard permite aos admins especificarem a duração máxima da query, por exemplo. Qualquer query funcionando por mais tempo que o especificado é finalizada e sua operação é desfeita. O Neo4j 3.1 introduz a nova interface de linha de comando Cypher, ao executar cypher-shell e a ferramenta de linha de comando admin chamada neo4j-admin. O cypher-shell é baseado em Bolt, permite queries ad-hoc e scripting, estende o desenvolvimento do navegador Neo4j à linha de comando, e pode ser executado remotamente com comunicação criptografada por padrão. O neo4j-admin combina várias ferramentas diferentes, como verificador de backup e de consistência, e introduz algumas novas funcionalidades como set-initial-password e dump e load de um banco de dados.

Schema Viewer

O novo recurso Neo4j Schema Viewer exibe o modelo de grafo no ponto atual no tempo, usa estatísticas de banco de dados exatos para responsividade instantânea, e ajuda desenvolvedores, administradores e usuários a compreender e comunicar o conteúdo do banco de dados. neo4j-3-1-schema-viewer

Ultra escalabilidade com IBM Power8 e CAPI Flash

Por fim, o Neo4j 3.1 introduz o suporte oficial para IBM Power8 com CAPI Flash, suportando mais que o dobro da taxa de transferência I/O da solução Intel baseada em Flash mais rápida. O Neo4j no Power8 com CAPI Flash habilita o processamento de grafos in-memory e near-memory em ultra-larga escala, estabelecendo uma nova e mais elevada marca para a escala de problemas com grafos que podem ser abordados com outras tecnologias. neo4j-3-1-ibm-power8-capi-flash Experimente todos os novos recursos da versão 3.1 na página de download do Neo4j. Fonte: Neo4j]]>